Desde que me tornei uma acompanhante seja em Curitiba ou São Paulo, percebo que há alguns homens que consideram seu pinto pequeno, eles têm uma preocupação exagerada com o tamanho do seu pinto, a auto-imagem sexual de muitos  esta atrelada a dimensão do seu pinto e com  a sua capacidade erétil. É uma fragilidade masculina real. Não que afete todos os machos, porém é bem mais recorrente do que se possa imaginar. Ter dúvidas em relação ao seu próprio pinto,  é ter dúvidas com relação ao seu desempenho sexual e como ser humano.

Trabalhos da literatura  médica demonstraram que o comprimento médio do pinto de um homem adulto é de 8,5 a 9,4 cm em flacidez, e de 12,9 a 14,1 cm em ereção, dependendo das técnicas antropométricas utilizadas. Por outro lado, o canal vaginal não é todo sensível, só os primeiros 4 ou 5 centímetros, ou seja, você não precisa de um pinto enorme para dar prazer a uma mulher, mesmo com um pinto pequeno, você irá satisfazer.  Lembre-se que nós, mulheres. adoramos preliminares, enlouquecemos com um oral caprichado, com carinho e palavras “calientes” sussurradas em nossos ouvidos.

Atribuo esta distorção, aos filmes pornôs com seus atores que  sempre possuem pintos gigantescos, fazendo que muitos homens se iludam que este é o padrão a ser seguido. Ledo engano, para nós mulheres, pinto muito grande machuca , provoca mais dor que prazer. Que adianta ter um pinto  considerado grande se não souber meter??? Um pinto pequeno, quando o homem é habilidoso, sabe como possuir uma mulher, proporciona muito mais prazer.

Certa vez atendi um cliente, que antes de entrarmos no motel, confessou todo constrangido que tinha vergonha do seu pinto pequeno, que era minúsculo, que ele quase não transava, pois tinha o receio que a mulher com quem estivesse, fosse rir ou fazer qualquer observação jocosa ao seu membro. Disse,  que só namorou por 3 anos, porque sua ex-namorada era virgem e muito religiosa, assim ela não teria como comparar o dele ao de outro homem. Teci alguns comentários para amenizar , logo entramos no quarto e para minha surpresa, o cara tinha um pinto de tamanho normal a grande. Só que na cabeça dele, não era do tamanho ideal, como os dos atores pornôs. Recomendei que ele procurasse um psiquiatra ou terapeuta, pois com certeza  estava sofrendo de transtorno dismórfico corporal, que é um  transtorno psicológico caracterizado pela preocupação obsessiva com algum defeito inexistente ou mínimo na aparência física. É o mesmo caso, daquelas mulheres que são magérrimas e se enxergam gordas, neste caso, ele só enxerga  seu pinto pequeno , como algo ínfimo.

Diante de tudo isto, eu afirmo: Não se preocupem com tamanho do seu pinto e sim em aprimorar sua habilidade em dar prazer a uma mulher, seja na penetração, no oral, no toque. Quando realmente existe sentimento e carinho, o tamanho é irrelevante. Você não tem que ficar esperando apreciação das pessoas, valorize-se em primeiro lugar, com suas perfeições e imperfeições.  Não importa o tamanho da ferramenta e sim a sua habilidade em manuseá-la. Aproveite a vida e o sexo ao máximo!!!!

beijos,

Kris Bianco

http://krisbianco.com.br/blog/2014/06/09/pinto-pequeno-nao-proporciona-prazer-quem-disse/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s